Search
  • jailsealvarenga

Tem ou não vírgula? Acerte na pontuação



Como escrever um texto sem errar na pontuação? Na minha caminhada como revisora, um dos principais erros ortográficos com que me deparo nos textos revisados é a pontuação. Muita gente acha que colocar vírgulas, pontos ou exclamações é algo discricionário, quase um capricho: acrescenta-se a pontuação ao seu bel prazer.


Mas o fato é que cada um dos sinais de pontuação tem suas funções e suas regras. A pontuação é essencial para a escrita. É através dos sinais de pontuação que nós expressamos as pausas e entonações de um texto. Os sinais de pontuação estão para a escrita assim como os gestos estão para a fala.

Existem, em nossa língua, vários sinais de pontuação. Destacam-se o ponto final, o ponto de exclamação, o ponto de interrogação, os dois pontos, a vírgula, ponto e vírgula, parênteses, travessão, aspas e reticências.


Neste texto de hoje, iremos abordar o uso da vírgula.

A vírgula tem a função de separar os termos da oração e as orações dentro de um período. Ela indica uma pausa de curta duração, dando mais clareza e coerência aos textos. Há situações em que a vírgula é obrigatória. Vejamos alguns casos abaixo:


- vocativo (função de chamar alguém) deve ser isolado pela vírgula.

Ex: Maria, traga o copo para mim.


- enumerações devem ser separadas por vírgula.

Ex: Carlos comeu arroz, feijão, carne e salada.


- elementos explicativos são separados por vírgula.

Ex: Rita é soteropolitana, ou seja, nasceu na cidade de Salvador.


- aposto (função de especificar) deve ser separado por vírgula.

Ex: Tim Maia, o compositor de “Não quero dinheiro”, foi vizinho de Erasmo Carlos na sua infância.


Para terminar, uma regrinha de ouro, para você não esquecer e nunca mais errar: não se separa sujeito do verbo com vírgula nunca!

20 views0 comments

Recent Posts

See All